Angola

A Valve patenteou o design do Steam Controller com controles substituíveis

Valve deixará de fabricar o Steam Controller

A Valve anunciou que não fabricará mais seu controle próprio, o Steam Controller, após quatro anos de seu lançamento. O controle está sendo vendido por apenas cinco dólares mais o frete – 90% de seu preço original. Uma nota na loja da Steam avisa que sua quantidade agora é limitada. Quando eles acabarem, a Valve não irá repor os estoques.

Embora tenha recebido reviews dizendo que seu design era muito estranho, a Valve vendeu mais de 500 mil Steam Controllers em apenas seis meses. Ele se tornou um dos dispositivos gamers mais fáceis de configurar: permitia jogar Street Fighter V estritamente com controles de movimento ou Rocket League com o analógico programado para aceleração e freio.

Além disso, é talvez o único a oferecer uma precisão pontual semelhante ao mouse. Isso ocorre porque ele usa um par de trackpads, completando com feedback tátil, para emular um trackball ou mouse. No verso, existem botões para agachar, pular, bater e qualquer outra coisa, sem precisar tirar os polegares dos trackpads.

Graças ao software de configuração da Valve, jogadores passaram a fazer uploads de suas formatações para todas as suas bibliotecas de jogos na Steam. No entanto, o Steam Controller enfrentou alguns problemas ao longo de sua vida, como o jogo não sabendo identificar se o jogador usava um gamepad ou um teclado e mouse. Depois, a empresa passou a permitir a configuração de qualquer controle, levando seu próprio produto ao esquecimento.

Apesar de sua versatilidade, muitas pessoas não acham o controle confortável, devido a seu design, que deixa as mãos com uma postura diferente e um pouco estranha. Até o momento, a Valve não comentou se voltará a trabalhar com o conceito do Steam Controller. Contudo, o foco da empresa atualmente parece estar na realidade virtual.

A queima de estoque do controle vai somente até o dia 3 de dezembro. Restam poucos dias para adquirir um Steam Controller antes que ele saia totalmente de linha e se torne apenas um item de colecionador.

Além de ser conhecida pela série de jogos Half-Life e pela loja digital do Steam, a Valve também causou vários impactos na indústria de hardware nos últimos anos. Uma das desvantagens bem-sucedidas é o índice de headset VR, enquanto as máquinas de jogos baseadas em Linux Steam Machines estão entre os empreendimentos menos bem-sucedidos da empresa. Os controles manuais da Valve, o Steam Controller, também pertencem às tentativas menos bem-sucedidas, mas uma patente descoberta indica que a empresa ainda não abandonou completamente o produto.

A patente em questão foi registrada em setembro de 2019, mas só será publicada no final de março de 2020, o que é perpetuado por Usuário do Twitter @ValveNewsNetwor. A patente descreve um controlador manual com design semelhante aos seus antecessores, mas adiciona componentes substituíveis no estilo dos controles Xbox Elite Wireless da Microsoft. Exemplos de componentes alternativos são que um bloco de controle inferior (eng. D-pad) pode ser substituído por uma alavanca de controle analógica.

A patente descreve ainda que outras partes do controle manual também podem ser adaptadas com outros componentes, incluindo os track pads exclusivos do Steam Controller. Um texto pouco claro também indica que o jogador deve ser capaz de criar perfis diferentes para botões e funções para diferentes títulos de jogos.

Uma patente registrada não significa necessariamente que um produto chegue ao mercado. Se a Valve planeja lançar uma nova versão do Steam Controller, isso poderia ser um complemento para o mencionado índice VR, que se tornou popular com o lançamento do jogo Half-Life: Alyx.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo